Textos


Rio Amargo

Antes doce
Antes vivo
Habitado
Nas suas margens
Agora é lama
Morreu seu seio.

 Leito barrento
Arrastou a vida
Enxurrada de dor

Desamor, descaso
A água se foi
Esvaiu-se em lágrimas...
MaluNovo
Enviado por MaluNovo em 24/11/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Lúcia Esteves de Jesus Novo e o site http://www.malunovo.prosaeverso.net/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Design by Kate Weiss